quarta-feira, 26 de julho de 2017

Músicas Vergonhosas 2 - Edição Pagode



Olá pessoas da internet, tudo bem com vocês? Espero que esteja tudo bem, pelo menos comigo tenho passado alguns dias bem divertidos selecionando as músicas desse post e já para os próximos. Antes de começar essa seleção preciosa, quero dizer que adoro todas essas músicas e de maneira nenhuma estou criticando. Esse post nasceu na Blogagem Coletiva do grupo Café com Blog, a Flavi comentou que iria fazer um post sobre músicas que não são rock e que tem um pouco de vergonha de mostrar pros outros, afinal, rockeira como é, tem que se manter na linha, assim como eu hahaha Adoramos a ideia e pra não deixar a amiga passando vergonha sozinha, criamos a primeira Blogagem Coletiva Relâmpago do grupo. Como gostei muito da experiência, resolvi criar um quadro e meses depois apresento a vocês mais 10 músicas que gosto mas tenho vergonha hahahah

Eu tinha uma seleção de umas 15 músicas já, mas meu note estragou e perdi tudo e tive que começar do zero, como não lembro quais músicas eram, achei legal trazer por estilo musical. Até por que procuro as faixas pelo youtube e ele acaba mostrando vídeos parecidos nos "relacionados", assim fica muito mais fácil! Decidi começar por um estilo que gostava só na época que escutava rádio, depois que parei não escutei mais, que é o pagode. Nunca fui muito fã, mas como era meio que a única coisa que dava, ficava difícil gostar de outra coisa huahauhua Adorei recordar as músicas que gostava, lá pelo final dos anos 90 e início dos 2000! Vamos lá?! Ah, os que não tem clipe ou coisa assim, vou deixar bem fininho!




Eu Me Apaixonei Pela Pessoa Errada - Exaltasamba

"Eu me apaixonei pela pessoa errada, ninguém sabe o quanto que eu estou sofrendo, sempre que vejo ele do seu lado, morro de ciumes, tô enlouquecenduuuuu"





Lua Vai - Katingele

"Vá dizeeeer"






Deixa Acontecer - Grupo Revelação

"Deixa acontecer na-tu-ral-men-te, eu não quero ver vo-cê cho-rar, deixa que o amor en-con-tre a gente, nosso caso vai eternizar"






Dois Amores - Bokaloka

Essa tem a letra horrível, mas eu adorava hauhauhau Lembro que quando passava na rádio parava tudo o que tava fazendo pra escutar... "Pra ter as duas paixões não tem jeito, só tendo dois corações no meu peito, mas eu só tenho um pra suportar esse amor incomum. Eu sei que hoje estou dividido, quem sabe um dia talvez decidido. Eu crio coragem digo a verdade que só tem apenas um espaço no meu coração."






Caixa Postal - Bala Bombom e Chocolate

"Digo: eu ja fui lá, bati, liguei, deixei recado na caixa postal, não sei, não mais viii"





Dança da Vassoura - Molejo

A banda mais amada da internet auhuhauhau
"Mas tome cuidado com o cabo na vassoura, é pior do que cenoura e você pode se dar mal."






Fricote - Art Popular

"Sou seu namorado, vem, vem, que calor danado, vem, vem."





Sorria - To Te Filmando - Os Travessos

Essa era a boy band de pagode mais amada pelas menininhas. Acho que só gostava de algumas musicas. "Sorria que eu estou te filmando, sorria o coração ta gravando o seu nome aqui dentro de miiim"






Fissuras de Um Casal - Bala Bombom e Chocolate

"Onde foi que errei? quem vacilou? o que foi que aconteceu?"
"Brincava de trepar na goiabeira só pra calcinha..."






A Barata - Só Pra Contrariar

E por último esse clássico dos anos 90!






Passei um pouco de vergonha né?! Mas acho que poucos não gostavam de pagode naquela época. Me digam nos comentários que não tô sozinha nessa, por favor hauhauah Gostaram da minha lista? Na próxima, trago funk ou axé? O.O Escolha difícil essa né?! Funk é ainda mais vergonhoso!!! Fiz vocês entrarem no túnel do tempo? Eu entrei e adorei! Quer saber as primeiras músicas? Clica no post abaixo! Até a próxima o/

Músicas Que Gosto Mas Tenho Vergonha


Acompanhe as redes sociais do blog:




segunda-feira, 24 de julho de 2017

Esmalte Dara Risqué



Olá pessoas da internet, tudo bem com vocês? Aqui estamos na correria, como comentei neste post, estamos em processo de mudança e todos os dias reservo um tempinho do dia pra ensacar e encaixotar coisas, aos pouquinhos vou fazendo pra não me atropelar. A resenha de esmalte de hoje é do queridinho Dara da Risqué, um marrom muito, mas muito escuro, tão escuro que nas fotos parece preto hahaha Comprei ele na faixa dos R$ 3,00. É bem pigmentado e acredito que uma manicure na primeira camada já consiga a cor ideal, eu precise de duas camadas. Sua aplicação é boa, o pincel tem um tamanho bom e a secagem é ok.





Lindo né?! Não entendi por que já no segundo dia ele ficou tão descascado, mas dá pra notar que não aumentou muito conforme os dias foram passando. Não lembro de ter feito algo pra descascar tanto assim. O que mais podemos perceber é a perda de brilho, no quinto e último dia estava quase sem. 


Quero saber de vocês se já usaram essa cor da Risqué, foi minha primeira vez e achei muito chique. Espero que tenham gostado. Não se esqueçam de seguir as redes sociais do blog, a FanPage e principalmente o Instagram, lá estou atualizando diariamente e sobre a mudança. Até a próxima o/

Acompanhe as redes sociais do blog:


domingo, 23 de julho de 2017

Projeto 30 Dias 22: Algo que sente falta

Olá pessoas da internet, tudo bem com vocês? Comigo tudo bem, esses últimos dias tem sido um pouco cansativos, começamos a arrumar as coisas da casa em caixas pra mudança. Sim, vamos nos mudar de apartamento, o preço desse está acima do mercado e não estamos podendo pagar, mas vocês verão o novo apartamento, é bem mais em conta, mas é bem grande. Até por isso darei umas sumidas da internet. Vou continuar atualizando o blog conforme o calendário e o instagram pretendo atualizar todos os dias, mas nada é certo, sabem como é! 

Dando continuidade ao Desafio 30 Dias do grupo Café com Blog, hoje falarei sobre algo que sinto falta e mais uma vez decidi o que falar nesse exato momento hahaha Um tema mais complicado que o outro! Cheguei a conclusão que sinto falta da minha infância e adolescência. Não fui uma criança sem problemas, feliz e tranquila. Acho que ninguém é assim, a vida de ninguém é fácil! Tive muitos problemas quando mais nova e não gostaria de passar por eles de novo, mas a vida de adulto é uma bosta! O maior problema é o dinheiro.

Quando criança, tu depende dos teus pais, eles que te vestem e te alimentam. Tuas preocupações são sobreviver a escola e aguentar a rabugice dos pais. Em casa não se pode fazer muita coisa, brincar na rua não dá, qualquer coisa te mata, e em casa não pode ficar no chão que suja as roupas, não pode ver muita tv, não pode ficar muito no computador, os pais não tem muita grana pra ti dar brinquedos legais, resumindo, tu não pode fazer quase nada. Na escola é uma tortura, os professores são meio carrascos mesmo, poucos se salvam! Os colegas te avacalham até não poder mais! Eu odiava a escola!!! Era uma tortura mesmo ter que assistir as aulas e uma vitória quando chegava em casa sem esmurrar a porta do armário (escondida é claro!). O que me salvava nisso eram as amigas. Deixavam o clima mais leve e agradável. Tanto na escola como fora dela. 

Mesmo a escola sendo horrível, sinto falta dessa época, não da escola, mas de quando tinha a idade escolar. Na vida adulta, não pense não que as pessoas não te zoam, a diferença é que na escola se não vão com a tua cara eles riem dela, fazem caricaturas escrotas de ti (sim, fizeram isso comigo, no desenho eu era uma galinha e todos os garotos da sala acharam a maior graça. esse foi um dia em que esmurrei muito o armário), dizem que tu é o mais feio da sala e coisas do tipo. Mas na vida adulta, se a pessoa não vai com a tua cara ela não te dá um emprego. Olha que bonito! Só que é com emprego que tu ganha dinheiro e compra comida! Acaba que é bem pior né?! 

Sinto falta de só precisar existir. Meu papel era passar de ano e só. Hoje, como adulta, preciso trabalhar, por que sem dinheiro, nem amor dura. Os relacionamentos se desgastam por causa do estresse. Sem contar que mesmo sem dinheiro, tem que estar sempre linda! =D Não que na adolescência não tivesse isso, mas a gente sabe que todo adolescente é meio cagado hauhauhau Se fica doente? Vai quase morrendo mesmo pro trabalho. Afinal, as contas não se pagam sozinhas, elas não vão esperar tu ficar bom. Na escola não tem grandes problemas, justifica as faltas e pega a matéria com um colega. 

Saudades de ter poucas responsabilidades!


Acompanhe as redes sociais do blog: